terça-feira, 1 de outubro de 2013

Entrevista a Vânia Tavares

terça-feira, 1 de outubro de 2013
Vânia Tavares é uma jovem que lançou o seu primeiro livro em 2011.
Neste momento estuda na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto e está já a preparar o seu segundo livro.
Fiquem a conhecer um bocadinho mais desta jovem autora que, além de escrever, também adora dançar.

HT: É inevitável começar com esta pergunta: Como é que surgiu a ideia de publicar um livro?
Vânia Tavares:
Eu desde que aprendi a escrever que tinha a ideia de publicar um livro, mas eu achava que era algo impossível e, então, escrevia textos só para mim. Mas um dia, quando estava no primeiro ano da faculdade, comecei a pensar que publicar um livro não era assim tão impossível e, como não estava a gostar da faculdade, achei que tinha de fazer outra coisa e que era o momento ideal para me dedicar à escrita.

HT: Qual o porquê da escolha do público-alvo infantil?
Vânia Tavares: Eu gosto mesmo muito de crianças, acho que é um público maravilhoso - são genuínos, espontâneos e muito humildes. Os adultos deviam ser assim.´ Além disso, achei que seria melhor começar com um livro infantil e, depois, passar para outro género.

HT: O que mudou na sua vida depois da edição do livro?
Vânia Tavares: Ui, nem sei muito bem. Mas sou uma pessoa muito mais feliz. É mesmo muito bom escrever, lidar com crianças, conversar com o público, conhecer pessoas novas... É o que gosto mesmo de fazer. Não há nada melhor do que a arte, o convívio e a comunicação.

HT: Sei que está a preparar um próximo livro, desta vez para adultos. Como é que concilia a escrita com estudos?
Vânia Tavares: Hum, eu não sou assim muito estudiosa (haha). Gosto muito de ler, de aprender e de pesquisar acerca daquilo que me interessa. Mas não gosto mesmo nada de estudar aquilo que me impõem. No entanto, penso que há tempo para tudo, é preciso é não cair na preguiça. Gosto bastante de estar ocupada e não me sinto bem quando estou sem fazer nada.
 
HT: Em relação a este novo livro, quer levantar a pontinha do véu?
Vânia Tavares: É a história de duas amigas - a Benedita e a Lia. A primeira é muito romântica, muito carente, muito certinha. A outra é rebelde, sensual e atrevida. o livro vai contando a história desde que elas são pequeninas até terem 20 anos para mostrar a evolução as pessoas e nossa maneira de pensar ao longo das diferentes idades.
 
HT: Para finalizar, pretende fazer da escrita o seu futuro profissional?
Vânia Tavares: Se fosse possível, sim. Mas em Portugal parece-me mesmo muito complicado viver da arte e é por isso que estou a estudar Gestão Hoteleira - para ter uma profissão mais segura. Mas vou continuar a fazer sempre aquilo que gosto - escrever e dançar.

À semelhança do que tem acontecido com todos os autores por mim entrevistados, quero agradecer à Vânia a simpatia e disponibilidade com que acolheu o meu pedido de entrevista.
Podem seguir a Vânia aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Histórias Transmitidas © 2014