quarta-feira, 9 de julho de 2014

Entrevista a Alexandra Santos

quarta-feira, 9 de julho de 2014
Hoje vamos ficar a conhecer um pouco melhor a autora Alexandra Santos, que lançou em Abril o livro de Poesia "Palavras Sussurradas".
Muito Obrigada à Alexandra pela simpatia com que respondeu às minhas perguntas.

HT: É inevitável começar com esta pergunta: Como é que surgiu a ideia de publicar um livro e porquê poesia?
Alexandra Santos: Eu sou professora de Português e Inglês e a leitura e a escrita sempre fizeram parte da minha vida. Em criança já escrevia pequenas histórias e um dos meus sonhos de menina era, de facto, ser escritora. Aos 18 anos, influenciada por poetas que estudei e me fascinaram na altura, comecei a experimentar escrever poesia e criei dois dos poemas que se encontram no meu livro. No entanto, foi apenas há dois anos e meio que comecei a ter mais tempo para refletir sobre mim, sobre a vida, sobre a sociedade, e os poemas iam-me surgindo de forma natural. Inicialmente, nem sequer tinha a ideia de os publicar. Contudo, colocava-os muitas vezes no Facebook e ia tendo reações e comentários positivos, que me incentivaram a continuar a escrever, fazendo renascer um sonho antigo. O livro abarca uma grande variedade de temas, desde os mais típicos, como o amor e a desilusão amorosa, como também a reflexão sobre quem somos, a fugacidade da vida, a natureza, problemas sociais, etc.

HT: Como correu o processo de edição?
Alexandra Santos: A Chiado Editora foi a única para a qual enviei a minha obra. Já tinha pesquisado e sabia que era uma editora em ascensão que estava a apostar em autores novos e desconhecidos. Fiquei agradavelmente surpreendida com a resposta positiva e entusiasmada por parte da mesma e aceitei a sua proposta. O processo de edição foi relativamente rápido, uma vez que apenas enviei a obra depois de um cuidadoso processo de seleção, revisão e reflexão sobre a ordem dos poemas no livro. Para além disso, enviei juntamente uma imagem de capa que tinha sido criada por um amigo meu, Gustavo Antunes, que foi aquela que acabou por ser escolhida, depois de outras propostas por parte dos designers. Posteriormente, foi apenas necessário incluir e rever alguns detalhes, para os quais tive a ajuda dos colaboradores da Editora.

HT: Gosta de Ler? Se sim, quais as suas referências literárias?
Alexandra Santos: Sim, gosto de ler, claro. A nível de poesia, os meus autores de referência são, sem dúvida, Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner Andresen e Camilo Pessanha. Quanto à prosa, tenho que mencionar Eça de Queirós, Gabriel García Márquez, Oscar Wilde, Alberto Méndez, entre muitos outros.

HT: Para terminar, sei que ainda é muito cedo, mas não posso deixar de perguntar: já pensa num novo livro ou ainda está a “aproveitar” este?
Alexandra Santos: O livro foi lançado em abril, ainda estou a tentar dá-lo a conhecer ao público e ainda é muito cedo para pensar já noutro, mas sei que continuarei a escrever.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Histórias Transmitidas © 2014