quarta-feira, 25 de março de 2015

Entrevista a Marine Antunes

quarta-feira, 25 de março de 2015
Esta semana a minha convidada para a rubrica Entrevistas é Marine Antunes, autora do Projecto Cancro com Humor e do Livro com o mesmo nome.
Podem ficar a conhecer um pouco mais desta Super-Mulher aqui.
Da minha parte resta-me agradecer-lhe a simpatia com que respondeu às minhas perguntas e desejar-lhe muito sucesso ao longo da vida.

HT: A Marine é responsável pelo projecto Cancro com Humor. Qual o objectivo deste projecto? 
Marine Antunes: Quando o criei foi com o objectivo de me sentir realizada pessoalmente e profissionalmente, contudo, os objetivos foram mudando ao longo do tempo. Fui criando novos desafios, novas vontades e hoje é mais do que um projeto pioneiro e inovador, é também a companhia e a inspiração de muitos doentes oncológicos, é uma ferramenta de comunicação entre a nossa comunidade, por isso, o objetivo atual é que continue a crescer, a desmistificar e, sobretudo, a quebrar barreiras. Quis e quero, com este projeto, juntar o humor à luta dos doentes. Tornar a luta mais saudável, mais feliz. Mostrar o lado B das dificuldades.  

HT: Tem também publicado um livro com o mesmo nome. Como é que surgiu a ideia de escrever este livro?
Marine Antunes: O projeto Cancro com Humor tem, dentro dele, várias ideias e sub-projetos. Escrever um livro sempre foi um dos meus sonhos e, felizmente isso aconteceu. Escrevi o livro sobretudo para ter a certeza de que era capaz de concretizar uma ideia. Tive um sonho e realizei-o. E isso é muito importante para mim.

HT: A Marine venceu um cancro. Como é que se ultrapassa isto? É uma pessoa diferente hoje em dia?
Marine Antunes: Depois de uma experiência dessas ficamos irremediavelmente marcados. Não digo que todas as pessoas que têm um cancro se tornam melhores pessoas. A essência, a educação já existe antes do cancro, contudo, a doença pode ensinar-nos a retirar o melhor da vida. Uns tornam-se ainda melhores pessoas mas, acredito, que já o fossem antes do cancro. Toda a gente é mais forte do que aquilo que julga que é. Como tive o meu cancro aos 13 anos e, a minha personalidade ainda não estava totalmente moldada, acabei por crescer no mundo do cancro. Não mudei, apenas cresci. Talvez mais rapidamente que as outras crianças, com os defeitos, as virtudes de qualquer pessoa. Não me considero melhor pessoa que outros que não tiveram cancro. Os valores que tenho foram todos dados pelos meus familiares e o cancro serviu apenas como escola.

HT: Deixando um bocadinho de lado este tema, gosta de ler? Em caso afirmativo, quais os seus gostos literários? 
Marine Antunes: Adoro ler. Confesso que, nesta fase da minha vida, ando a ler sobretudo livros sobre espiritualidade. Trabalho muito a minha paz interior, o meu lado mais místico, mais profundo e são esses livros que tenho procurado. Contudo, também adoro ler um bom suspense e um romance, gosto de livros mais leves e divertidos. Gosto de um pouco de tudo. Leio um pouco de tudo e depende sempre do meu estado de espírito. 

HT: Para terminar, pensa voltar a escrever? 
Marine Antunes: Eu escrevo todos os dias. Nunca deixei de escrever. Escrevo no meu blogue, cancro com humor, e nas minhas duas páginas – Cancro com Humor e Marine Antunes, escritora. Escrevo para as minhas palestras e escrevo, para mim. Apenas não publiquei ainda o segundo  livro porque, este livro Cancro com Humor ainda sofrerá evoluções, por exemplo, está na segunda edição e vende-se online mas queremos fazer nova edição para as livrarias. Não penso escrever um segundo livro enquanto não esgotar todas as possibilidades de evolução com o primeiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Histórias Transmitidas © 2014